Rádio Cerrado FM 105.9 Mhz
Bezerra/Formosa/GO
Min.
Máx.
Em três anos, mais de 130 assaltos a ônibus foram registrados em Macapá e Santana
15/03/2019

Dados são do Ciodes. Bairros da Zona Norte da capital concentram o maior número de ocorrências, com 65 casos entre 2017 e 2019. Número de assaltos a ônibus em Macapá aumentaram entre 2017 e 2019 Jorge Abreu/G1 De acordo com relatório divulgado pela Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública do Amapá, os bairros da Zona Norte de Macapá contabilizam o maior número de roubos a ônibus nos últimos três anos. De 2017 até os primeiros meses de 2019 foram registrados 138 assaltos. Desses, 65 ocorreram na Zona Norte, 44 na Zona Sul e os demais se dividem entre Santana e demais regiões da capital. Os dados se baseiam em levantamento do Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes) divulgados na quinta-feira (14). Conforme o relatório, a maior incidência dos crimes ocorrem entre 18h e 23 h. Número de casos por ano 2017 – 42 roubos registrados 2018 – 82 roubos registrados 2019 – 14 roubos registrados Somente este ano, os bairros São Lázaro e Brasil Novo, com 4 e 3 ocorrências, respectivamente, ambos na Zona Norte de Macapá, abriram o ano encabeçando as ocorrências. Os demais casos de 2019 se dividem entre os bairros Pedrinhas, Parque dos Buritis, Marabaixo 2, Alvorada, Macapaba e Loteamento Amazonas, com um caso em cada. Em Santana, um assalto também entrou na estatística, no bairro Jardim de Deus. O levantamento do Ciodes destaca que, na Zona Norte, os bairros Brasil Novo, Pacoval, São Lázaro, Residencial Macapaba e Novo Horizonte são os pontos de maior frequência de assaltos. Já na Zona Sul os maiores índices foram confirmados nos bairros Zerão, Jardim Marco Zero Universidade e Congós. O crescente aumento de roubos a transportes coletivos também alerta para cada vez mais abordagens com violência dos criminosos. Em janeiro de 2017, por exemplo, um dos primeiros assaltos do ano ocorreu no bairro Brasil Novo. Um ônibus que fazia linha Brasil Novo/Universidade foi assaltado por três homens armados com revólveres. Funcionários do coletivo e um passageiro foram rendidos. Passageiros pulam de ônibus em movimento para evitar assalto na Zona Sul de Macapá No ano seguinte, vídeos do circuito interno de duas câmeras de vigilância flagraram o momento em que passageiros se jogaram de um ônibus em movimento para tentar escapar de um assalto. O caso aconteceu no dua 14 de setembro de 2018, no bairro Congós. Nesse mesmo dia, mais dois assaltos ocorreram nas zonas Leste e Sul da capital. Motorista de ônibus morreu no terminal do bairro Zerão, após tentativa de assalto John Pacheco/G1 Ainda em 2018, um assalto no terminal de ônibus do bairro Zerão, na Zona Sul, provocou a morte do motorista Paulo Sérgio Moura dos Santos, de 50 anos. O crime aconteceu por volta de 13h do dia 26 de outubro. Cerca de 40 minutos depois, um dos suspeitos, identificado como Marcos Almeida Coutinho Neto, de 23 anos, foi morto por militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). Décimo assalto a ônibus é registrado em menos de duas semanas em Macapá Em menos de 5h, dois assaltos a ônibus são registrados em Macapá Mulher é esfaqueada na mão durante assalto a ônibus em Macapá PM/Divulgação Este ano, no dia 4 de janeiro, uma passageira foi esfaqueada na mão por dois assaltantes, de 23 e 17 anos, que foram preso e apreendido, respectivamente, após serem reconhecidos como autores do roubo que aconteceu quando o ônibus trafegada pela Avenida Guanabara, no bairro Pacoval. Motorista é baleado em tentativa de assalto a ônibus em Tartarugalzinho, no AP Ricardo Lazamé/Arquivo Pessoal Fora da estatística do Ciodes, mas que se enquadra em situações de violência, o roubo a ônibus mais recente ocorreu no município de Tartarugalzinho. O motorista Arlindo da Silva Lima, de 50 anos, foi baleado no braço ao fugir de uma tentativa de assalto na estrada. O crime ocorreu na segunda-feira (11) e ele lembra o momento. “Acho que eles usaram uma cartucheira. O que me acertou atirou com a porta do ônibus ainda fechada. As baças quebraram o vidro, parte pegou no meu braço, outra parte eu vi passando na minha frente e quebrou o vidro do meu lado. Na hora eu só queria tirar meus passageiros dali. Muitos estavam dormindo e só perceberam muito depois o que ocorreu. Mas eu consegui chegar até Ferreira Gomes”, relatou Lima. Motorista Arlindo da Silva Lima, de 50 anos, foi baleado após bandidos assaltarem o ônibus que ele conduzia Rita Torrinha/G1 Quatro dias após o incidente, o motorista conta que teme pela insegurança, mas já pensa em retornar ao trabalho. “Sou motorista há mais de 30 anos. A minha vida é essa. É o que eu faço. Em todos esses anos foi a primeira vez que sofri um atentado, porque eles iam me matar, mas eu confio em Deus e ele me protegeu. Agora, devo ficar mais uns dias em tratamento, ainda tem projéteis no meu braço, mas tenho certeza que vou ficar bem e voltar ao trabalho”, disse, com determinação, o motorista. Esses são apenas alguns dos inúmeros casos registrados pelo Ciodes ao longo de três anos. Os dados ainda apontam assaltos no distrito de Fazendinha e em Santana, nos bairros Nova Brasília, Fonte Nova, Hospitalidade, Chefe Clodoaldo, área portuária, Jardim de Deus. Além de bairros das zonas Leste, Central e Oeste de Macapá, como Perpétuo Socorro, Centro, Jesus de Nazaré, Laguinho, Marabaixo, Rodovia Duca Serra, Ramal do quilômetro 9 e Cabralzinho. Roubo a transporte coletivo nos anos de 2017, 2018 e 2019 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
Fonte: G1
BOM DIA DA CERRADO
05:00 as 07:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Rua 02 N° 117 Setor central CEP: 73817-000 - Bezerra/Formosa/GO
Ligue agora
(61) 9631-1059
Horário de atendimento
09h00 às 12h00 14h00 às 17h00